Como Decorar Quarto Pequeno de Bebê

Para quem está esperando um bebê à expectativa é grande! São muitas mudanças, planejamentos e preparações para a chegada deste bebê. Já que é onde a mãe a criança vão passar a maior parte do tempo depois do nascimento, a decoração do quarto do bebê é um ponto muito importante nessa preparação, e que deixa muita mãe preocupada, para tudo estar perfeito.

Mas beleza não é tudo que se espera do quarto de um bebê, é importante que quarto seja organizado e funcional para a mãe e o bebê.

Para decorar um quarto de bebê, você pode optar por fazer a sua própria composição ou recorrer aos modelos planejados ou modulados, que são construídos inteiramente e são mais econômicos tanto financeiramente, quando melhores adaptados aos espaços. Se o quarto do seu bebê é pequeno, ele pode ficar ainda mais prático com nossas dicas:

Móveis:

Os móveis mais adequados para a melhor comodidade e funcionamento nesta fase de chegada do bebê são o berço, o armário, uma cômoda para a troca do bebê e uma poltrona para a mãe sentar-se e amamentar a criança. Um pufe também será de grande valia para descansar as pernas e ficar bem acomodada. Uma mesinha ao lado da poltrona também é ótima para apoiar utensílios, fraldinhas e uma garrafinha de água, já que a amamentação da muita sede!

Existem linhas de móveis mais compactos, que podem permitir serem todos bem acomodados em um ambiente pequeno. Mas mesmo que queira utilizar todos esses móveis, o berço precisa ser padrão americano, que é 1,10 m por 70 cm.  Esse tipo de berço é o mais confortável e seguro para o bebê, e escolha também berços aprovados pelo Inmetro.

Cores:

Os móveis claros e com contornos arredondados dão leveza ao ambiente, o que fica melhor em um quarto pequeno, ainda mais um quarto de bebê que pede delicadeza. Por isso, o indicado é usar móveis brancos e dar a cor com objetos decorativos.

As cores claras também são aliadas em ambientes pequenos, que nem ficam bem com tons fortes, já que cores muito vibrantes podem chamar muita atenção do bebê, o estimulando demasiadamente e o deixando inquieto e irritado.

Para as paredes escolham tons pastéis e “bebês”, como rosa, amarelinho, azul, verdinho. E também não precisa de muitas informações, se for usar adesivos, não exagere na quantidade de cores.

Decoração:

Assim como os móveis, os objetos de decoração também contribuem para um ambiente leve e mais amplo. Muitos objetos carregam e sufocam o ambiente, então, na hora de decorar também vale a mesma regra das cores claras nas cortinas, roupas de cama, etc.

Muitos especialistas deixam o tapete “de fora”, por mais bonitos e charmosos que sejam. Os pais ou outras pessoas que passam por ali podem enroscar os pés e provocar acidentes. Uma alternativa são os tapetes que “grudam” no chão.

Para colocar alguns enfeites, no caso de ambientes pequenos, o interessante é usar ninhos nas paredes, já que podem ficar suspensos e ajudam a manter a organização. Quadrinhos espelhados também são ótimas opções.

Pronto! Agora é só aguardar a chegada desse momento precioso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 15 =