Esse Acabamento é feito do Quê?

O acabamento de uma construção, como de um imóvel, por exemplo, custa aproximadamente metade do preço da obra. E na mesma proporção, é o acabamento que ajuda a valorizar a casa ou apartamento. Por isso, é importante perguntar na hora de comprar um imóvel, até mesmo na planta, ou de construir: “Esse acabamento é feito do quê?”.

Quando se fala em construção, muitos vão logo pensando em cimento, areia, tijolos e calculando o preço. Mas ignorar os gastos com acabamento é um grande erro, e pode tornar o seu sonho de conquistar seu tão desejado imóvel em pesadelo.

O preço médio de uma construção de médio padrão em São Paulo, de acordo com Índices PINI de Custos, é de R$ 810,31 sem mão de obra. Os custos com louças, pisos, parede, entre tantos outros acabamentos, podem sair em média, R$ 1 mil por metro quadrado para um imóvel do mesmo padrão. Quanto mais refinada a obra, mas caro fica o acabamento.

Planejamento

O planejamento é uma fase indispensável em uma construção. É nesse momento que você decide o que fazer e como. Mesmo com pouco dinheiro, o ideal é contratar um bom arquiteto e engenheiro.

No momento do planejamento, será definido que materiais serão usados. Comprar material de acabamento sem planejamento pode resultar em grande diferença no orçamento de materiais previstos para a obra, gerar desperdício e prejuízo. Por isso, na hora de escolher, é preciso analisar:

  1. Ele agride o ambiente? Tem como substituir? Hoje há diversos materiais que podem ser utilizados sem comprometer o meio ambiente.
  2. Qual é a qualidade desse material?
  3. E o tempo de vida?
  4. Como é a manutenção?
  5. Esse material combina com o local onde vou construir?

Um ponto muito importante:

  1. Há mão de obra capacitada disponível para usar o material escolhido?

Abrir mão da etapa de planejamento pode significar seu dinheiro indo por água a baixo!

Mas, o que é acabamento?

O acabamento é a parte final da obra, como o próprio nome já sugere. A estrutura do imóvel e parte de alvenaria já estão prontas e neste momento as paredes são pintadas, são colocados os pisos, portas, fechaduras, azulejos, porcelanatos, louças de banheiro, pias torneiras, box de banheiros, gessos, iluminação e diversos outros detalhes responsável pela imagem e conforto da casa ou apartamento.

Devido a grande variedade de especialidades desta etapa, ela pode ser mais lenta e terá a presença de diversos profissionais circulando pela obra, como pintores, marceneiros etc.

Do que devo mais cuidar?

Depois de escolhido o material, o momento na hora da instalação é decisivo para a qualidade de seu acabamento e obra final. O acabamento, bem ou mal feito, vai interferir no valor do seu imóvel depois de finalizado, e um piso mal instalado pode te prejudicar, fazendo com que seu imóvel seja desvalorizado.

Assim como a escolha do material, a escolha do instalador é muito importante. É importante saber diferenciar um pedreiro de um ceramista, não é um pedreiro que coloca a cerâmica. A cerâmica é muito delicada e requer conhecimento específico, pois um corte errado pode fazer você perder uma peça toda. Apenas uma peça de cerâmica ou porcelanato pode custar mais de R$100,00.

A colocação dos revestimentos também deve ser valorizada, a argamassa ou rejunte utilizados devem ser escolhidos próprios para o material que será instalado, como pastilhas, vidros, porcelanato, reboco… E o nivelamento também deve ser bem observado, para que fique todas no mesmo nível.

Peças presas com silicones inapropriados também podem ser prejudiciais, não ficando bem presas ou fazendo com o que silicone mofe, como nos boxes de banheiro, por exemplo. O silicone mofado da à impressão de sujeira, deixando o ambiente feio e desvalorizado.

Então ao escolher seu imóvel preste atenção nos acabamentos se tem a qualidade que precisam para durar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + sete =